VECTO

vectoVECTOELETRONISTAGMOGRAFIA é parte fundamental da rotina da avaliação otoneurológica e através de diversas provas visa analisar de forma minuciosa os sistemas envolvidos na manutenção do equilíbrio corporal, ou seja, na tríade composta por sistema vestibular (orelha interna e suas inter-relações com tronco encefálico e cerebelo), sistema visual/ocular (olhos e suas inter-relações com SNC) e sistema propioceptivo (músculos, articulações, tendões), auxiliando na identificação de possíveis alterações do sistema vestibular (equilíbrio), incluindo as doenças do labirinto, popularmente conhecidas como “labirintites.
As PRINCIPAIS INDICAÇÕES para o exame são para indivíduos que apresentam:

- Qualquer tipo de tontura ou desequilíbrio
- Zumbido e/ou perda auditiva sensorioneural
- Cinetoses,
- Cefaléia,
- Síndrome do pânico,
- Quedas,
- Sndromes de tronco encefálico e cerebelo.

Os OBJETIVOS fundamentais do exame:

- Confirmar ou infirmar o comprometimento vestibular
- Saber qual o lado lesado (direito, esquerdo ou ambos)
- Saber se o distúrbio é periférico (labirinto e VIII nervo), central (núcleos, vias e inter-relações com outras estruturas do sistema nervoso central) ou misto.
- Verificar o tipo da lesão vestibular (irritativa ou deficitária).
- Ajudar na identificação da causa, pela contribuição ao estabelecimento de uma hipótese diagnóstica
- Estabelecer o prognóstico
- Monitorizar a evolução do paciente tratado e da sua doença
- Modificar, se necessário, a orientação terapêutica, com base no acompanhamento dos sinais objetivos aos exames.
- Decidir quando o tratamento deve ser encerrado, após a resolução dos sintomas e/ou sinais ou a obtenção do melhor resultado possível.